terça-feira, 24 de abril de 2012

TRABALHO, INSTRUMENTO DE PROGRESSO

ATIVIDADE INTRODUTÓRIA:

Apresentar o anexo 1. Pedir que as crianças identifiquem as três profissões que são mostradas, conversando sobre as dificuldades, facilidades, riscos e sua importância para a sociedade.





ATIVIDADE REFLEXIVA
Perguntar: - Que aconteceria se todos tivessem a mesma vocação, isto é, se gostassem de trabalhar nas mesmas profissões?
Dialogar com os grupos, destacando:
A importância das diferenças de vocação para o equilíbrio social.
O respeito e a gratidão a todos os bons profissionais, mesmo os que executam as tarefas mais modestas, mas sempre de valor.
Os prejuízos do mau profissional, em qualquer área de trabalho; daí o valor de preparar-se bem para a profissão que vai exercer.
Tudo o que nos beneficia, hoje, resultou de trabalho perseverante, geralmente de muitas pessoas.
Apresentar o anexo 2, analisando todo o trabalho realizado para termos uma casa para morar.




Apresentar ao grupo as seguintes ideias:
O conceito de trabalho: não é apenas o que se faz para ganhar dinheiro, mas qualquer ocupação que ajude alguém, ou a própria família e até a humanidade, como no caso, por exemplo, do trabalho desenvolvido para descoberta das vacinas.
Algumas pessoas só trabalham se, em troca, receberem dinheiro. Não conhecem a alegria de ajudar.
Quem trabalha deve sentir sempre alegria por ser útil. Lembrar o trabalho de amor realizado por Madre Tereza de Calcutá (ou alguém conhecido da comunidade).
Outras pessoas deixam de trabalhar, de serem úteis porque tem em seu coração um sentimento-lixo: a preguiça. Como todo sentimento-lixo, traz grandes dificuldades para a vida.
Propor que cada um faça uma auto-avaliação honesta:
- Se aparecesse uma marquinha na sua mão toda vez que você faz um trabalho com boa vontade, como estaria sua mão? ( Dar um tempo).
- Quem viu sua mão quase sem marquinhas, procure analisar se tem no coração o sentimento da preguiça.
- Se descobrir que tem esse sentimento-lixo, imaginar-se tirando esse sentimento do coração indo até a lata do lixo e jogando-o fora definitivamente (dar um tempo).
- Sentir-se mais leve, mais alegre e disposto para trabalhar.
ATIVIDADE CRIATIVA
Colocar a disposição do grupo: papel oficio, lápis de cor, canetas, revistas, tesoura e cola.
Propor que cada participante, com os recursos que desejar, desenhe a si mesmo realizando uma atividade na profissão que pretende escolher.

Um comentário: