terça-feira, 14 de setembro de 2021

EXISTÊNCIA DE DEUS

 A atividade de hoje foi sobre a primeira história do livro "Pai Nosso", de Meimei. A história fala sobre a existência de Deus. Para despertar a curiosidade das crianças, fizemos uma brincadeira de detetive, onde as crianças tinham que adivinhar qual bicho havia passado, pelos rastros (refere-se a um trecho da história de Meimei). Fizemos as marcas do cachorro, do elefante, da cobra, do coelho, da galinha e também as pegadas de uma pessoa. Terminada a brincadeira e conversamos sobre o tema, falando em como conhecemos Deus através de seus "sinais", que são as obras da natureza.




CONHECENDO OS AMIGOS DE JESUS

  Charada dos Apóstolos


Primeiramente, perguntar aos evangelizandos se eles têm muitos amigos e como eles escolhem quem serão seus amigos. Falar sobre afinidade.

Explicar que Jesus também tinha amigos mais próximos que, por terem atitudes e ideias parecidas, Jesus os convidou para ajudar na divulgação da palavra de Deus.

Explicar o que é um discípulo (aquele que aprende, ou recebe instrução de alguém; aluno; estudante; aprendiz; seguidor de uma doutrina) e apóstolo (missionário encarregado de difundir a palavra de Deus).

Para conhecer os amigos do Mestre, entregar a cada um dos evangelizando uma charada para que eles descubram o nome dos 12 amigos de Jesus.

Quando cada um descobrir, entregar a figura do apóstolo correspondente para que seja colorida e escrevam o nome embaixo, no final, fazer um cartaz com as figuras coloridas por eles.




domingo, 12 de setembro de 2021

A PORTA LARGA E A PORTA ESTREITA

Nossa aula de hoje, a porta larga e a porta estreita, e os personagens ao lado. Criar situação hipotética onde cada personagem tem a opção de fazer mais fácil (porta larga) ou fazer o mais difícil ( porta estreita) que nos leva a felicidade, a evolução.
Tirar as palavras e colar na respectiva porta.

Leticia Pinho


 

JESUS E OS APÓSTOLOS


 

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

NÃO TENHO CALÇADOS


 

Todos nós temos nossas responsabilidades, deveres a cumprir e o fazemos com empenho e muita determinação
Mas, as vezes apressados deixamos de sentir os sinais de Deus não dando importância, à alguém que precisa do nosso amparo, da nossa atenção.
Vamos lembrar de ouvir sempre os sinais de Deus?!
A historinha de hoje de nossa querida irmã Meimei no livro Pai Nosso?!
O Pequeno Aborrecimento
De:
Francisco Cândido Xavier pelo Espírito de Meimei
Um moço de boas maneiras, incapaz de ofender os que lhe buscavam o concurso amigo, sempre meditava na Vontade de Deus, disposto a cumpri-la.
Certa vez, muito preocupado com o horário, aproximou-se de um pequeno ônibus, com a intenção de aproveitá-lo para a travessia de extenso trecho da cidade em que morava, mas, no momento exato em que o ia fazer, surgiu-lhe à frente um vizinho, que lhe prendeu a atenção para longa conversa.
O rapaz consultava o relógio, de segundo a segundo, deixando perceber a pressa que o levava a movimentar-se rápido, mas o amigo, segurando-lhe o braço, parecia desvelar-se em transmitir-lhe todas as minudências de um caso absolutamente sem importância.
Contrafeito com a insistência da conversação aborrecida e inútil, o jovem ouvia o companheiro, por espírito de gentileza, quando o veículo largou sem ele.
Daí a alguns minutos, porém, correu inquietante notícia.
A máquina estava sendo guiada por um condutor embriagado e precipitara-se num despenhadeiro, espatifando-se.
Ouvindo com paciência uma palestra incômoda, o moço fora salvo de triste desastre.
O jovem refletiu sobre a ocorrência e chegou à conclusão de que, muitas vezes, a Vontade Divina se manifesta, em nosso favor, nas pequenas contrariedades do caminho, ajudando-nos a cumprir nossos mais simples deveres, e passou a considerar, com mais respeito e atenção, as circunstâncias inesperadas que nos surgem à frente, na esfera dos nossos deveres de cada dia.

 

CAÇA- PALAVRA



quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

TESTANDO CONHECIMENTO SOBRE A CODIFICAÇÃO


 A aula na verdade será um jogo de perguntas e respostas sobre os 5 livros básicos da Codificação trazida por Allan Kardec.

Divide-se a turma em aproximadamente 5 grupos.
No quadro, cola-se as 5 imagens da capa dos livros, ou pode mesmo levar os livros para os grupos visualizarem, sem deixá-los tocar.
Cada grupo na sua vez, escolherá 1 livro para que seja feita para ele, uma pergunta qualquer sobre aquele livro. As perguntas devem ser de preferência, difíceis e úteis, pois o objetivo dessa dinâmica, deve ser que os jovens aprendam e percebam o quanto eles precisam estudar.
Em cada rodada, cada grupo deverá escolher um livro diferente do outro.
Ganha o grupo que conseguir acertar mais perguntas.
Abaixo seguem alguns exemplos de perguntas, mas é interessante que o facilitador a escolha dependendo do nível da turma.
O Evangelho Segundo o Espiritismo
Cite 4 capítulos do Evangelho.
A Gênese
Qual a parte da Gênese que fala de Jesus?
Céu e Inferno
De que trata o livro Céu e Inferno?
O Livro dos Espíritos
Qual o ano de lançamento de O livro dos Espíritos?
O livro dos Médiuns
Qual o subtítulo do Livro dos Médiuns?