quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O SAL DA TERRA



OBJETIVO: conversar sobre o significado desta mensagem de Jesus, que diferença esse conhecimento pode fazer em nossas vidas, o que podemos e devemos fazer para ser o sal da Terra.

MATERIAL: o texto do Sermão do Monte, um saleiro.

COMO APLICAR: leve o texto completo, aonde está esta mensagem. Ela faz parte do fechamento das Bem-aventuranças. Converse com o grupo sobre o valor do sal. De seu nome veio a palavra salário, pois era uma mercadoria cara e extremamente valiosa nos tempos de Jesus, onde o sal ajudava na conservação dos alimentos. Hoje temos a geladeira e não imaginamos o quanto era difícil conservar a comida comprada com esforço, que seria utilizada na próxima refeição ou no dia seguinte.
O sal dá sabor a todos os alimentos. Sem o condimento do sal, os alimentos são insípidos (sem sabor). Se for possível, leve algum alimento sem sal e dê ao grupo para provar. Observe suas reações e comente. Em seguida, dê o mesmo alimento, agora com umas pitadas de sal. Experimente depois, salgar o alimento, o que vai estragar o seu sabor. Como outra opção, você pode levar um saleiro e colocar diferentes pitadas de sal (pouco, normal, muito) na palma das mãos dos alunos e, 'a medida que forem provando, observar e comentar se é agradável ou não.
Faça agora uma comparação com os valores espirituais. É a espiritualidade sensata e dosada que transforma todas as materialidades e preserva-as, ao mesmo tempo, da corrupção. É fazer da zona espiritual o que o sal faz no mundo material: dar sabor ' vida e preservá-la da putrefação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário