sexta-feira, 12 de abril de 2013

BAU DOS SENTIMENTOS




 Gabi vivia numa guerra com seus sentimentos. Num momento ela estava feliz, noutro triste. Num momento estava tranquila, noutro nervosa e irritada. Num momento estava feliz pelos seus irmãozinhos e amigos, noutro morrendo de ciúmes e inveja deles. E assim, seus sentimentos pareciam uma gangorra que não parava de balançar, e Gabi nunca estava feliz.

Certo dia o vovô a chamou e disse:- Minha netinha, você precisa mudar seu jeito de ser. Seus sentimentos estão parecendo uma gongorra!
- Como assim, vovô? Gangorra?
- Sim, Gabi. Uma gangorra. Você muda de humor toda hora e acaba prejudicando a você mesma e as pessoas em sua volta!
- Não consigo me controlar, vovô! É difícil.
- Mas, Gabi, sentimentos ruins são como fruta estragada numa fruteira cheia de frutas boas. Acabam estragando todas as outras.
- Não tinha pensado nisso! Mas como eu faço para não ter sentimentos ruins, vovô?
- Não é fácil, Gabi. Muitas vezes não podemos evitá-los, mas temos que dominá-los, se não eles nos dominam.
- Então me ajude, vovô! - Tenho uma ideia. Lá no meu quarto tem uma caixinha que ganhei de sua avó. É linda e agora será sua. Vá buscá-la e eu lhe explico o que vamos fazer.

Gabi correu até o quarto do vovô, pegou a caixinha e trouxe pra ele.
- Vamos chamar esta caixinha de Baú dos Sentimentos bons – disse o vovô.
- Que legal! Igual ao baú dos tesouros.
- Isso mesmo! Agora quero que você escreva nestes cartõezinhos coloridos o nome de vários sentimentos bons.
Gabi então escreveu um sentimento bom em cada cartãozinho colorido que o vovô lhe deu e, depois de escrever em todos os cartõezinhos, disse ao vovô:
- Pronto, vovô, e agora o que eu faço?
- Agora coloque os cartõezinhos dentro do Baú dos Sentimentos e, cada vez que você estiver tendo um sentimento ruim, abra-o e tire de dentro dele um cartãozinho de sentimento bom. Depois vá até seu quarto, ore a Jesus e peça que Ele mude o que você está sentindo pelo que está escrito no cartãozinho. - Legal, vovô! Vou fazer isso.
E assim foi. Gabi aprendeu a mudar sentimentos ruins por sentimentos bons e se tornou uma menina muito mais feliz! Que tal se a partir de hoje cada Bonitinho e Bonitinha brincarem do Jogo dos Sentimentos?


É normal sentirmos raiva se acontece algo que não gostamos.
É normal ficarmos ansiosos por alguma coisa que vai acontecer ou se estamos preocupados.
É normal sentirmos ciúmes, porque o ser humano quer ter atenção e ser amado.
É normal sentirmos medo, pois ele é uma defesa que nos protege de muitos perigos.
É normal sentirmos saudade, principalmente de pessoas e coisas que amamos. O que não pode acontecer é deixarmos que esses sentimentos tomem conta da nossa vida e não deixem a gente viver feliz.

Jesus falou que aqui na Terra todos teriam aflições, mas não era pra ficarmos desanimados, porque Ele estaria conosco nos ajudando a sentir paz. Então, quando estivermos tendo sentimentos ruins temos que orar e pedir que Jesus troque o que estamos sentindo por sentimentos bons.

Se pedirmos, Ele vai trocar: · A raiva, a discórdia, o ciúme e o sentimento de vingança pelo carinho, pelo perdão e pelo maior de todos os sentimentos: o amor.

O medo pela coragem.
A ansiedade pela tranquilidade e calma.
A saudade pela esperança.
A inveja pelo altruísmo.
A tristeza pela alegria e felicidade.

E, quando estivermos sentindo todos esses sentimentos bons, poderemos sentir a liberdade e a paz que encontramos em nosso Grande Amigo Jesus!

Imaginem uma cesta cheia de frutas apetitosas: maçã, pera  uva, manga, abacaxi, melão, kiwi, laranja, morango e outras que você se lembrar. Faça de conta que cada fruta é um sentimento bom: coragem, calma, tranquilidade, amor, paz, alegria, felicidade, carinho, esperança…
Com esses sentimentos dentro da cesta, ela ficará sempre apetitosa, perfumada e colorida. Mas agora imagine se o bichinho dos sentimentos ruins entrar numa das lindas e apetitosas frutas. O que vai acontecer? Com certeza ela vai estragar, cheirar podre… e se ela não for tirada da cesta, acabará contaminando todas as outras frutas. Então, crianças, quando vocês começarem a ter um sentimento ruim, livre-se dele rapidinho, antes que ele lhes contaminem.


 





Nenhum comentário:

Postar um comentário