terça-feira, 10 de janeiro de 2012

DINÂMICA DE INTEGRAÇÃO PARA ENCONTRO DE EVANGELIZADORES

Resultado de imagem para PELOS CAMINHOS DA EVANGELIZAÇÃO - DINÂMICA DE INTEGRAÇÃO



AS FLORES DO JARDIM ENCANTADO

DESENVOLVIMENTO:

Caminhar em círculos ao som de uma música suave, observado as flores de cores diferentes dispostas no centro.

Dado o sinal, durante a música, cada participante pega uma flor e segura na mão.

Após todos estarem com a flor, escutarão a história abaixo e deverão realizar a ação correspondente a cada cor de flor.

Era uma vez um jardim encantado. Neste jardim havia muitos canteiros. Em cada um deles, flores de todos os tipos, tamanhos, cores e com variados e deliciosos perfumes.

Neste jardim encantado não chovia, embora todas as flores necessitassem de muita água para viver. Por não chover no jardim encantado, as próprias flores desenvolveram a capacidade de se transformarem em jardineiras.

Assim, ela sobreviviam, regando uma as outras, e com gotas de água de diferentes tipos. Havia no jardim encantado umas gotas de água que se chamavam OLHAR CARINHOSO, estas gotas eram produzidas e distribuídas pela flores AZUIS. Todos os dias, de manhã bem cedinho, as flores AZUIS se transformavam em jardineiras e regavam cada uma de suas amigas com as gotas de olhar carinhoso para viver aquele dia.

Uma outra espécie de água chamava-se PALAVRA DE ÂNIMO, estas gotas eram produzidas e distribuídas pelas flores VERDES, da mesma forma como a anterior, estas espalhavam entre as companheiras palavras de ÂNIMO.., que eram sussurradas no ouvido de cada flor do jardim.


Diariamente, todas as flores precisavam de gotas de água chamadas UM APERTO DE MÃO, estas eram produzidas e distribuídas pelas flores LARANJAS. A certa altura do dia, elas se transformavam em jardineiras e espalhavam apertos de mão carinhosos para cada uma das flores.

As flores do jardim encantado eram regadas com gotas conhecidas por CARINHO NO ROSTO, quem as produzia e distribuía eram as flores AMARELAS.
 
Havia ainda gotas muito especiais que as flores jardineiras precisavam muito, estas eram produzidas e distribuídas pelas flores VERMELHAS. Todas as flores esperavam com ansiedade a visita das flores VERMELHAS. As gotas que elas distribuíam chamavam-se ABRAÇO CHEIO DE AMOR.


E assim, as flores do jardim encantado viviam  felizes. Todas davam e recebiam as gotas necessárias para viverem uma troca ilimitada. As flores do jardim viviam muitos anos, esbanjando cores e formas lindas até desaparecerem felizes para dar lugar às novas flores que nasciam diariamente. Estas, logo davam e recebiam as gotas especiais que faziam daquele jardim um lugar ENCANTADO.


(Edson Ponick)

3 comentários:

  1. Ótima dinâmica. Irei sugerir ao grupo de evangelizadores espíritas do Benedito Bentes / Maceió-AL.

    ResponderExcluir
  2. Preciso de uma força para nossa equipe. Acredito que será muito bom. Bjs

    ResponderExcluir