sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

AULA DE APRESENTAÇÃO - 12 A 14 ANOS

OBJETIVO:

 Apresentar a proposta da Mocidade I e o conteúdo programático do ano. Permitir que os jovens se conheçam mutuamente, e se familiarizem com o Evangelizador.
- Pedir as jovens que se apresentem: nome, idade, se estuda, nome da escola, se fez ou faz parte da evangelização, aonde mora, se freqüenta algum clube, o que faz nos fins de semana, se faz algum esporte, se gosta de teatro/pintar. etc.
- o objetivo é conhecer o jovem de forma a facilitar o trabalho durante o ano, e permitir que um jovem conheça o outro (muitas vezes tem pontos em comum, estudam numa mesma escola, uma mora no prédio onde mora a avó de outra, etc.)
- Os orientadores de mocidade também se apresentam, explicando a diferença entre a evangelização infantil e a evangelização juvenil.
- Conversar sobre o programa a ser abordado e as propostas para este ano. Ouvir sugestões.
- propor o jogo

Jogo do Novelo

 Material:

 Rolo de Barbante ou novelo de lã

 Descrição:

1. Os jovens ficam em pé, distribuídos aleatoriamente na sala, mantendo uma certa distância entre si. Inicia-se pedindo que memorizem a posição que ocupam, para voltarem posteriormente.
2. Solicita-se, então que realizem vários deslocamentos, como por exemplo todos irem para um certo ponto da sala, e depois outro ponto. Em seguida, solicita-se que retornem ao ponto original.
3. Agora, joga-se o rolo de barbante para um participante, que se apresenta para o grupo. Para variar, ele(a) pode relatar um fato marcante (negativo ou positivo) de suas férias.
4. Após dar algumas voltas com o barbante em seu dedo indicador, o participante joga o rolo para outra pessoa, mantendo o fio esticado.
5. Quando a segunda pessoa se apresenta e fala, enrola algumas voltas do barbante em seu dedo e joga para uma outra pessoa, que repete o mesmo processo. O jogo prossegue até chegar ao último participante.
6. Nesta situação, solicita-se que repitam o deslocamento realizado no início da atividade, mas agora unidos pelo fio. Devem ir até os pontos determinados e retornar ao ponto inicial.
7. Ao final, levá-los a observar que estão todos unidos por um fio; da mesma forma, na sua vida, estão unidos por fios invisíveis a outras pessoas: na sociedade, na escola, nos lares, e também, a partir daquele momento, estão unidos ao Grupo da Mocidade.
8. Chamar a atenção para o fato de que o movimento de um interfere no do outro, mesmo sem querer. Todos estão unidos pelo fio DA COOPERAÇÃO, DO RESPEITO, DA BOA VONTADE.
9. Sentam-se e o instrutor relembra os procedimentos para a convivência grupal.

0 comentários:

Postar um comentário