terça-feira, 14 de dezembro de 2010

NATAL DE AMOR


Resultado de imagem para NATAL DE AMOR

É Natal!

Tempo de reflexão.

Tempo de paz.

Tempo de festas.

Tempo de tirar as diferenças.

Tempo de estender a mão ao seu próximo.

Não esqueça
que sempre haverá alguém
a espera de uma palavra de carinho,
de conforto e de paz para o seu coração.

Também não se esqueça que existe muita gente na completa solidão,
e sem natal.
Lembre-se do amigo que se encontra distante,
daquele parente só e abandonado.

Lembre-se das crianças que padecem
carentes nos orfanatos,
e dos velhinhos que,
à margem da sociedade,
renegados pelos próprios familiares,
anseiam por uma palavra de carinho,
por um gesto de tolerância.

Você não pode consertar as injustiças do mundo,
mas cada um de nós poderá contribuir
com o que tem de mais sagrado:
O AMOR.

Experimente fazer um Natal diferente!
Doe um pouquinho de si!
Realize algo novo!
Deixe a sua marca de carinho!
Você dará ao seu Natal um significado mais abrangente:
alguém ficará feliz com o seu gesto!
E você verá que o seu Natal será completo.

Ana Amélia Donádio

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

NATAL - NASCIMENTO DE JESUS - MATERNAL



Resultado de imagem para NASCIMENTO DE JESUS


As dúvidas que envolvem o natalício do Senhor,
longe de tirarem o brilho e a beleza do Evangelho,
apenas demonstram que não devemos nos deter em detalhes dispensáveis.
Richard Simonetti, Paz na Terra, pág. 51.
Natal / Nascimento de Jesus
Transmitir a alegria do momento do nascimento de Jesus.

Motivação inicial
Figura de Jesus na manjedoura
Mostrar a figura para as crianças e perguntar se sabem quem é.

Verificação/Fixação
Presépio
Levaras figuras de José, Maria e Jesus já recortadas para montar o presépio. Se houver um número pequeno de crianças, auxiliá-las a pintar as figuras. Caso contrário, já levar as figuras coloridas para que as crianças somente as colem.



História: NASCIMENTO DE JESUS
Este bebé é Jesus. Ele nasceu em Belém, um lugar muito longe daqui. Jesus nasceu num estábulo, onde os animais dormiam. O seu berço foi a manjedoura, onde era colocado o alimento dos animais.
Para permanecer quentinho, ficou com seus pais, José e Maria, que O embrulharam em panos limpos. Também os animais, como as vacas, os carneiros e os burrinhos, ajudaram a aquecê-Lo, pois era inverno e fazia muito frio.
Uma estrela muito brilhante mostrava aos reis de vários
pov
os o lugar em que Ele nasceu. Esses reis vieram de longe para trazer-Lhe presentes.
Avaliação da Aula:






JESUS



NATAL É...


Livro - O Melhor é viver em Familia

domingo, 5 de dezembro de 2010

O NASCIMENTO DE JESUS





1) Leia com atenção:



Como Jesus nasceu

Maria era a noiva do carpinteiro José.
Deus enviou o anjo Gabriel para dizer à Maria que ela era a escolhida para ser a mãe de Jesus.
O imperador César Augusto ordenou a contagem de todas as pessoas do Império.
Maria e José partiram para a terra de José: Belém para fazer o recenseamento.
Jesus nasceu em Belém, numa estrebaria, pois a cidade estava repleta de pessoas.

2) Responda:

a) Quem foi a escolhida para ser a mãe de Jesus?

__________________________________________________________
b) O que o imperador César Augusto ordenou?

__________________________________________________________
c) Onde Jesus nasceu?

__________________________________________________________
d) Por que Jesus nasceu numa estrebaria?

__________________________________________________________





ENSINOS DE JESUS




Livro - O melhor é viver em Familia


ATIVIDADES

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

UM SONHO DE NATAL


Resultado de imagem para ESTRELINHAS

Luzinha era uma estrela bem miudinha que morava lá no céu, misturada com as outras, brincando de piscar. Quando chegava o mês de dezembro, ficava sonhando...

Sonhava ser estrela do Natal, bem brilhante e bonita.

E suspirava: "Como seria bom todo mundo olhando para mim, lá de baixo, com o coração contente!"

Mas ela sabia que não tinha tamanho para isso... Que aquela noite era muito especial e precisava de um brilho bem fortão, que iluminasse os olhos das pessoas.

Parecia mesmo um desejo impossível de realizar. Mas, bem no dia 24, a estrela de Natal ficou doente!

Tudo porque um raio de sol escapou de seu lugar e caiu direto nela. Agora ela estava ardida e toda vermelhinha, sem o brilho de sempre. Até ficar boa, já seria o ano novo.

Então Luzinha teve uma idéia! E o seu sonho salvou aquele Natal. Quem olhava para o céu, nem notava a diferença. Lá estavam todas as estrelas miudinhas, num abraço apertado! Por acaso você saberia, se eu não tivesse contado?

Evelyn Heine