quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

DIVERSIDADE DA RAÇA HUMANA


 OBJETIVO:

 Apresentar a diversidade da raça humana, enfatizando que perante a Deus somos todos iguais, pois ele é o Pai de todos nós.

 - O evangelizador deverá levar diversas fotografias de pessoas das mais diversas raças: loira, morena, negra, ruiva, índio, chinês.

- A criança deve observar a diversidade das raças humanas, a diferença entre a tonalidade da pele, tipos de cabelo, cor dos olhos, altura.

- Deve-se mostrar também a diferença entre as pessoas da mesma raça. Valorizar o respeito que se deve ter entre as pessoas e que perante a Deus somos todos iguais.





sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

PESQUISA DE SATISFAÇÃO


O AMOR DE JESUS PELAS CRIANÇAS


Pedrinho tinha completado quatro anos e, 
naquela semana, começaria a ir à escola. Sua mãe precisava fazer os serviços da 
casa e também trabalhar, e assim, não poderia estar com ele todo o tempo.
Mas Pedrinho preocupado perguntava à 
mamãe:
- Quem vai cuidar de mim quando eu estiver 
longe de casa, na escola ou na rua?
A mãe sorriu, como quem não tem medo de nada e 
disse:
- Quem vai cuidar de você é alguém que lhe quer 
muito bem, que gosta da todas as crianças.
Pedrinho arregalou os olhos e perguntou:
- Quem poderá gostar mais de mim do que a 
senhora e o papai? Eu vou ficar sem vocês...
Sua mãe então explicou:
- Vou contar-lhe todas as coisas que essa 
pessoa faz e você logo adivinhará quem estará com você.
Pedrinho não estava entendendo nada. Mamãe 
dizia que ele deveria ficar sozinho na escola! Agora ficaria com alguém que 
gostava muito dele e de todas as crianças! E tinha que adivinhar o nome!
- Quem vai cuidar de você, meu filho, e cuida 
de todas as crianças perto ou longe da mamãe, é um moço que morou aqui na Terra 
há muitos anos. Ele curava doentes. Ensinava às pessoas sobre Deus. Amava todos 
como irmãos. Perdoava qualquer ofensa. Tratava bem as plantas e os animais. Por 
onde esse moço passava todos os seguiam, encantados, e as crianças viviam 
agarradas às mãos d'Ele, porque Ele sabia lindas histórias e era muito carinhoso 
com elas.
- Mas, mamãe, quem é ele, afinal?
- Espere e ouça mais um pouco com atenção. Você 
vai adivinhar sozinho. Desde aquela época nunca deixou de ajudar e proteger 
todas as pessoas que precisassem de ajuda, principalmente as crianças, porque 
Ele é muito amigo delas. Sabe, Pedrinho, uma criança nunca está sozinha, porque, 
sem ser visto, esse moço está sempre ao lado de cada criança. Nunca tenha medo 
de nada, meu filho. Você nunca está só. Quando alguma criança está triste ou com 
medo, Ele se aproxima devagarinho e, sem que ela note, lhe dá um abraço. E a 
tristeza logo vai embora, ela foge para longe.
- E quando alguma criança está em perigo? 
Quando algo de grave acontece?
- Ele abre os braços e faz todo o possível para 
protegê-la. Se você soubesse, Pedrinho, como é bom conversar com Ele na hora da 
prece! Ele sempre ouve com atenção o que as crianças dizem. E como fica contente 
quando fazemos alguma coisa que Ele ensinou! Quando somos obedientes, 
carinhosos, quando cuidamos das plantas e dos animais.
- Mamãe! - gritou Pedrinho. - Acho que já sei 
quem é esta pessoa! É Jesus!









AO EVANGELIZADOR

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

AMIZADE


SUBSÍDIOS:
O Evangelho Segundo o Espiritismo - Allan Kardec
Capítulos XI e XIV

OBJETIVOS:

1) Ressaltar que a amizade inicia-se no próprio lar, cultivada através do respeito mútuo.
2) Levar as crianças a entender a importância de se ter amigos.
3) Amizade é saber viver em comunidade.
4) A amizade não tem valor material. Ser amigo é trabalhoso mas compensador.

INCENTIVAÇÃO:

1) As crianças serão divididas em grupos.
2) Colocar uma caixa no canto da sala.  Colocar dentro da caixa cartazes, frases, faixas, etc., destacando a importância da amizade e de se ter e ser amigos.
3) A caixa será aberta somente no final da aula pelo grupo vencedor.

DESENVOLVIMENTO:

Os evangelizadores encenarão uma determinada situação de conflito, uma discussão.
Por exemplo: Um colega empurrando o outro, jogando lixo nas ruas, etc.

AVALIAÇÃO:

Após o término da dramatização, fazer perguntas à classe direcionando-as para se chegar aos objetivos da aula.

FIXAÇÃO: JOGO DAS CHAVES

Confeccionar chaves de cartolina e escrever em cada uma determinada situação a ser resolvida pelo grupo. Enfatizar as boas maneiras, respeito, solidariedade, bom convívio familiar, etc.
Vence o grupo que conseguir resolver de forma mais adequada as situações, o qual abrirá a caixa.
Após a abertura da caixa, enfatizar que o maior presente é a amizade e pode ser conquistada por todos.

Sugestão: Entregar chaves de cartolina com frases incentivadoras a cada criança.

OBSERVAÇÃO:
Estas são apenas sugestões. O evangelizador deve preparar a aula de acordo com a sua criatividade.


A ALMA APÓS A MORTE