domingo, 24 de maio de 2015

União da Alma e do Corpo




A alma começa a se unir ao corpo já na concepção. Nesse instante, um laço fluídico liga-se a ele e irá encurtando mais e mais até a criança nascer.

A união entre a alma e um corpo é definitiva. Outro Espírito não poderá substituí-lo. Porém, como os laços estão frágeis, o Espírito pode rompê-los com facilidade, caso se recuse a ficar naquele corpo. E quando isso acontece, a criança não nasce.

Ao nascer, todas as lembranças da alma estarão esquecidas. E conforme o corpo vai crescendo, o Espírito vai aprendendo a lidar com seus órgãos e sua inteligência vai surgindo de maneira diferente da que era antes de reencarnar.

 O Livro dos Espíritos para Infância e Juventude, a partir de o Livro dos Espíritos de Allan Kardec. Vol. I por Marisa Alem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário