quinta-feira, 8 de março de 2012

HUMILDADE

ATIVIDADE INTRODUTÓRIA

Desafiar as crianças a adivinharem:

Quando a noite já chegou/ Pisco,
Pisco, sem parar.
Sou o único inseto
Que ajuda a iluminar.

ATIVIDADE REFLEXIVA

Apresentar a anexo1 para que as crianças identifiquem o vagalume.





Apresentar com expressão corporal a história cantada: O Vagalume de autoria de Sonia da Palma. (vídeo: Histórias Cantadas I/ LFC).

Sou o vagalume
Que vive a piscar
A minha luzinha
É pequenininha,
Mas dá p’ra iluminar
Não me comparo ao sol
Lindo a brilhar
Nem me comparo à lua
Que no céu está


Mas lá na floresta
Quando está escuro
A minha luzinha
É pequenininha
Mas dá p’ra iluminar

Promover a reflexão para a formação dos conceitos:

– O vagalume se achava tão brilhante quanto o sol?
– Ele se achava tão brilhante quanto a lua?
– Quando o vagalume piscava? Para quê?
– Ele sabia que a sua luz era pequenina?
– Ele sabia que sua luz só podia ajudar um pouquinho?
– O vagalume gostava de ajudar?
– Ele era humilde ou orgulhoso? Por quê?
– Se eu precisasse de uma luz forte e só tivesse vagalume para iluminar o que eles poderiam fazer?

Concluir que:

– As crianças são como o vagalume: podem também ajudar, mesmo que a ajuda seja pequena.
– Toda ajuda dada com amor, mesmo pequena, traz luz e felicidade ao coração. Todas as crianças juntas poderão dar uma grande ajuda, tal como os vagalumes fizeram uma grande luz. E Jesus espera isso das crianças.

ATIVIDADE CRIATIVA

Apresentar a seguinte situação para dramatização:

Um grupo de rapazes foi passear na floresta levando sua mochila com cordas, facão etc. Enfrentaram várias dificuldades e tiveram de usar o que levaram: cortaram árvores para passar, desceram barrancos, atravessaram riachos... até que anoiteceu. E como voltar?

Pedir que as crianças criem e dramatizem o final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário