sexta-feira, 23 de agosto de 2013

A FIGUEIRA ESTÉRIL




Objetivo:

Destacar a idéia da importância do trabalho na nossa vida, de produzirmos frutos bons durante a nossa caminhada para seguirmos o caminho rumo a Jesus conforme ele nos ensina no Evangelho.

A Parábola da Figueira Estéril Lucas 13:6-9

E dizia esta parábola: Um certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha, e foi procurar nela fruto, não o achando; E disse ao vinhateiro: Eis que há três anos venho procurar fruto nesta figueira, e não o acho. Corta-a; por que ocupa ainda a terra inutilmente? E, respondendo ele,disse-lhe: Senhor, deixa-a este ano, até que eu a escave e a esterque; E, se der fruto, ficará e, se não, depois a mandarás cortar.
 
A) Escrever as perguntas no quadro branco, ler para as crianças e solicitar a elas que respondam:

 Questões para Reflexão

1) Qual a idéia principal desta parábola?

A parábola mostra que nós temos uma evolução espiritual a ser cumprida nessa encarnação e que se nossa vida está sendo improdutiva estamos gastando momentos preciosos para evoluirmos. No entanto, nem por isso estaremos desamparados, pois através da fé, da vontade, do desejo de mudança, nos é dada uma chance de recuperação do tempo perdido. Todos nascemos ignorantes e temos as mesmas chances de crescimento espiritual.

2) Quem é o dono da vinha?

O dono da vinha é Deus, nosso Pai de amor.

3) Quem é a vinha?

A vinha é a terra onde temos a oportunidade de conduzir as nossas vidas, como um momento que nos é oferecido por Deus para evoluirmos espiritualmente.

4) O que é a figueira?

A figueira somos nós, como nossos dons/talentos que recebemos (alegria, paciência, inteligência, saúde, etc.) e nossos defeitos (orgulho, egoísmo, teimosia, etc.). Cabe as nós escolhermos ser a figueira produtiva ou a figueira estéril. Estamos aqui na Terra e depende de nós escolhermos ser estéreis ou darmos bons frutos.

5) O que é o fruto?

O fruto são as nossas ações do dia a dia, seja dos nossos compromissos na escola, com a família, ou até mesmo aquelas calcadas na fé em Deus, na necessidade de praticar a caridade e a humildade, seguindo os ensinamentos de Jesus. O modo como somos, como falamos, como agimos, como pensamos determinará o tipo de fruto que daremos.

6) Quem é o vinhateiro?

O vinhateiro é Jesus, que veio a Terra para nos trazer ensinamentos de amor e caridade, nos servindo como exemplo de fé, bondade e humildade em todas os momentos da nossa vida.

7) O que significa escavar e estercar a figueira?

Escavar e estercar a figueira significa a proteção que recebemos de Deus todos os dias como forma de melhorarmos para exterminar o egoísmo, a inércia, a inveja e outros sentimentos inferiores que não contribuem para que produzirmos boas ações.

8) O que representa o corte da figueira estéril?

Cortar a figueira estéril seria tirar a chance de crescimento e de melhoria que podemos ter nessa vida. Cada um de nós tem direito de melhorarmos, de crescermos e modificarmos os hábitos, as atitudes em desequilíbrio, em função de se viver mais plenamente voltado para o bem .

Depois que elas responderem, fechar a discussão pontuando alguns dos pontos listados abaixo:

• O dono da vinha esperava já três anos até que a árvore começasse a produzir, sendo que as figueiras na região de Israel começavam a dar frutos antes mesmo de terem folhas, ou seja no seu primeiro ano do plantio. Veja o tempo que a figueira deixou de produzir, de ser útil.
• Essa árvore foi muito bem cuidada com o objetivo de dar frutos, absorvendo a umidade e os nutrientes que serviam para as videiras. Mas ela mesmo assim não estava produzindo frutos, além de ocupar uma certa área do terreno que podia ter sido usado para outras árvores.
• Assim, esta parábola remete à idéia da pessoa de coração estéril; aquela que passa a vida inteira sem progresso algum, sem qualquer esforço para crescer, desperdiçando sua oportunidade. São os surdos e os cegos das coisas de Deus: embora tenham ouvidos saudáveis, não ouvem e olham sem ver, ou seja, não dão frutos. Da mesma forma, cada um dos talentos que recebemos veio com um objetivo e, portanto, devemos utilizá-lo em prol do nosso progresso.
• Assim, nós somos a figueira, o vinhateiro é Jesus, que sempre advoga a favor do nosso crescimento espiritual e roga ao Pai para que nos sejam dadas novas oportunidades. No entanto, no que se refere aos dons e talentos, o vinhateiro seremos nós mesmos.
• Nós devemos cultivar as faculdades, as circunstâncias favoráveis que recebemos para que elas não nos sejam retiradas. Quem garantirá que a riqueza, a inteligência ou a saúde serão eternas e irremovíveis?
• Escavar e estercar a figueira significam, justamente, tornar a nossa vida útil de alguma forma a alguém, isto é, permitir que ela frutifique. Desenvolver os nossos dons e talentos, também em favor do próximo, será cuidar para que a figueira não seja estéril.
• O corte da figueira estéril representa desde a subtração dos dons e talentos utilizados inadequadamente até o exílio dos preguiçosos e maldosos em planetas ainda piores que a Terra.

Curiosidades históricas da época de Jesus

• Era muito comum para cada israelita ter pelo menos uma em sua casa.
• As vinhas de Israel também tinham muitas figueiras. Era uma planta muito comum na região.
• A figueira tinha um papel importante na vida de um israelita, representava prosperidade e abastança. • As figueiras normalmente começam a dar frutos no primeiro ano do plantio, quando ainda estão praticamente sem folhas. Normalmente, a safra é colhida no verão e no outono.


a) Separar 3 ou 4 grupos conforme o número de alunos
b) Distribuir para cada grupo anexos (1,2 e 3) um de cada vez , estipular um tempo para cada.
c) O grupo que terminar o exercício mais rápido e de forma criativa ganhará pontos.
d) Para cada anexo os alunos deveram escrever como podemos ser uma figueira produtiva na escola, em casa e na sociedade.







2 comentários: