sexta-feira, 25 de maio de 2012

A GREVE DOS LÁPIS

Tipo de Atividade:
Dobradura-Pintura
Idade Sugerida:
A partir dos 7 anos

Objetivo:
Imaginação. Exercício de busca de caminhos para solucionar problemas.

Material:

Retângulos de papel dobradura, na proporção 2x1, em cores diversas.
Folhas de papel sulfite e lápis de cor.

Como Aplicar:
Distribua os papéis e ensine a dobradura dos lápis.


Explique que estes lápis são os personagens de uma história e conte a história.

A GREVE DOS LÁPIS

No dia em que os lápis de cor resolveram parar, nada foi pintado.
Dos estojos, recusaram-se a sair.
Na escola, todos os desenhos ficaram pretos e brancos.
É que lápis não aguentavam mais tanta rotina.
O lápis amarelo se cansou de pintar o sol. Os vermelhos não queriam saber de telhados.
O lápis verde dizia:
- Chega de ser graminha! Nasci para ser mais do que isto! Quero experimentar coisas novas!
- As tintas sim, são felizes - comentavam os outros lápis. Nas pinturas famosas, Monet fez neve amarela, Van Gogh fez montanhas roxas e Ganguin pintou areia de cor de rosa. Por que não podemos ter este direito?
E so decidiram voltar ao trabalho quando as crianças concordaram em criar desenhos com cores bem diferentes.
E você, também vai ajudar?

Pergunte às crianças:

Como os lápis se sentiam, no inicio da história? Como se chama o sentimento que possuíam? O que os deixava descontentes?

Que solução encontraram para isto?
Poderia haver outros jeitos de solucionar seu problema? Quais?

Como você costuma reagir quando está descontente com alguma coisa em sua vida:
Cala-se e se conforma? Chora e tenta conseguir as coisas pela insistência?
Tenta negociar um acordo? O que será que dá o melhor resultado?


Distribua papéis e lápis de cor. Vamos fazer desenhos e usar cores bem incomuns?...(a dobradura pode ser colada no desenho)

(Rita Foelker)

Nenhum comentário:

Postar um comentário