quarta-feira, 27 de maio de 2015

A PAZ COMEÇA EM MIM

A Paz, começa em mim 

Fazer previamente um dado com, no mínimo 10 cm. Cada lado contém um símbolo diferente. O participante joga o dado e a figura que ficar para cima terá responder uma pergunta, dentro do tema – PAZ, A COMEÇA EM MIM.

Lado1- Abraço- Você costuma abraçar as pessoas, (Família, amigos, etc...) quando? De um abraço no coleguinha que esta no seu lado direito...

Lado2- Coração - Dizer a um colega da sua esquerda uma frase ou uma saudação sobre a paz. Ex. “Paz seja convosco!”(Jesus)

Lado3- notas musicais - Cantar uma música que fale de paz.

Lado4- Amigo - Quem Vocês preferem para ser seu amigo: um agradável e educado ou um brigão? Por quê? Se tiver alguém na turma que você já brigou,peça desculpa...

Lado5- uma pomba branca. O que significa esse símbolo? Dizer o que pode ser feito para trazer a paz em casa e na escola.

Lado 6- uma TV - Dizer uma notícia boa sobre a paz.

Depois desta dinâmica dizer que a paz é muito importante para o homem. Só existe felicidade onde existe paz. Muitas pessoas em muitos lugares do mundo trabalham pacificamente para a paz.

Perguntar se eles sabem dizer o nome de alguns... Ajudar dando dicas. Só vivenciando os ensinamentos de Jesus que encontramos a verdadeira paz. E não esquecer que a paz do mundo começa em cada um de nós.

Depois pega um ursinho de pelúcia e peça para cada um pegar o ursinho e fazer uma demonstração de carinho,através de gestos ou palavras. depois dizer a eles que faça o mesmo com o coleguinha do lado direito.

Terminar cantando a musica de Nando Cordel(Paz pela Paz) todos dando as mãos e no final dar aquele abraço coletivo.

 Foi muito bom, todos participaram . Ideia tirada do site CEEAK

VIDEO - PAZ PELA PAZ
https://youtu.be/j2kOp6LVn9s

PRECE E PASSE

Unidade: Sociedade

Tema: Prece e Passe

CONTEÚDO

Deus na sua infinita misericórdia nos ofereceu a oportunidade de entrar em contato com Ele por meio da prece. A prece é uma conversa que travamos com o Pai e seus abnegados trabalhadores do bem. Nesse momento explanamos nossos sentimentos e agradecemos, pedimos ou glorificamos o Senhor. Outro mecanismo de ajuda que Deus nos disponibilizou é o passe, onde trabalhadores do bem encarnados nos renovam os fluídos afastando de nossos corações energias deletérias e nos doando bons fluídos. No momento do passe precisamos estar pensando em coisas boas para que possamos receber os bons fluídos.


OBJETIVO

 Entender o que é prece (quais os tipos, qual a finalidade, onde e como orar, e seus benefícios);

Compreender o que é o passe (importância, finalidade, benefícios).


Atividade Expositiva:

Montar um cartaz iniciando com a colagem de uma criança dentro de um cômodo de uma casa só. Perguntar as crianças se elas estivessem sozinhas e quisessem conversar, com quem elas falariam?

Neste momento colar no topo, em uma área fora do cômodo a imagem de Jesus. E dizer que nesses momentos podemos conversar com Jesus. Colar com fita gomada palavras que mostram os sentimentos de uma criança dentro de um balão para representar seu pensamento e ir explicando o que podemos conversar com Jesus (agradecer algo, pedir ou glorificar o pai).


Atividade criativa:

Distribuir material para pintar para os menores e caça palavras para os maiores


Atividade Expositiva:

 Introduzir o tema passe lembrando que Jesus fazia isso, depois mostrar as figuras de como estamos e como ficamos depois do passe. Colocar um cartaz com uma criança de olhos fechados sentada na posição de receber o passe com Jesus no topo e um adulto na posição de dar o passe. Num canto próximo da lateral do cartaz desenhar uma porta. Colocar uma nuvem com várias imagens de coisas ruins em cima da cabeça da criança. Dar para uma criança de cada vez imagens de pensamentos bons e maus. Pedir que elas colem dentro do balão ou antes da porta. Se preenchermos com pensamentos bons aqueles sentimos ruins desaparecem e então os bons sentimentos que Jesus por meio do adulto (passista) chega aos nossos corações. Explicar que devemos pensar em Jesus na hora do passe para que o nosso corpo, se encha de coisas boas. Na hora do passe devemos estar em prece, e isso significa pensar em Jesus, nas coisas boas que ele nos dá, pensar em tudo que nos traz paz e alegria.
















Caça palavras: 

- Quando estamos nos sentindo SOZINHO , CONFUSO, MAGOADO e com uma TRISTEZA no CORAÇÃO, nesses momentos ORAR é o melhor REMÉDIO. a PRECE é uma CONVERSA com JESUS. após fazer a oração, a gente se sente mais calmo e com uma grande ALEGRIA. Ao fazer a prece podemos PEDIR ajuda, AGRADECER algo de bom que nos recebemos e louvar a DEUS






















FAMÍLIA UNIVERSAL

Unidade: A FAMÍLIA

Tema : Família Universal

CONTEÚDO

Deus criou a todos para amarmos e ajudarmos uns aos outros. Devemos considerar todas as pessoas nossas irmãs, transformando o mundo em uma grande família, como Jesus fez na terra. Todos nós somos filhos de Deus, portanto, irmãos da família universal. Assim devemos nos tratar com fraternidade amando e respeitando a todos, independente de cor, raça, religião, porque somos todos iguais.

OBJETIVO

Compreender que todos somos filhos de Deus; · Perceber que todos somos irmãos na família universal; e · Refletir sobre como devemos tratar nosso próximo.

TÉCNICAS:

Atividade Expositiva:

Encontrar a família universal.

Material: corações pequenos e grandes coloridos, fita adesiva

Atividade Criativa : Pintura de desenhos, e caça palavras Material: figura de globo com pessoas, menino e menina de braços abertos, caça palavras


DESENVOLVIMENTO

Encontrar a família universal, aplicando a seguinte atividade: colar na costa de cada criança um coração pequeno colorido sem que ela possa ver qual a cor. Somente a amiguinha é que vê a cor. Colocar na parede corações de 3 cores, coloca uma música e no fim a criança deve se guiar para o coração que quiser. Depois uma criança de cada vez deve virar para o coração de modo que as outras possam ver qual a cor do coração daquela criança, então elas devem orientar o amiguinho só com as palavras: quente e frio. Quando a criança acertar ela pega o coração (com nome dela) das costas e coloca no coração da parede, e assim todas as crianças devem fazer. Ao final o evangelizador deve explicar a nossa família sempre nos orienta qual caminho devemos seguir, mas em toda parte encontramos pessoas que podem nos orientar a seguir o caminho certo, porque todos somos irmãos, pois somos filhos de Deus.

Atividade criativa:

Distribuir um desenho com o globo e várias pessoas em torno dele para que as crianças possam pintar. Ao final cada criança deve colar seu desenho num globo maior previamente preso na parede. Distribuir um desenho com uma criança de braços abertos para que elas possam pintar e recortar. Esse desenho deve ser entregue para a criança entregar para uma pessoa que ela convive que não é da sua família consaguínea e que gosta muito. Distribuir coração em cartolina com buracos furados para costurar com miçangas e lã. Esse coração servirá como crachá, que deve ser dado toda a semana para a criança. Os evangelizadores devem fazer também o seu. Ao fim da atividade deve-se dizer que as pessoas da sala de evangelização são também uma família, apesar de não termos os mesmos pai e mãe. Devemos lembrar que o mesmo acontece na escola, no nosso bairro ou onde convivemos com outras pessoas.

ANEXOS

CORAÇÃO PARA COSTURAR










domingo, 24 de maio de 2015

União da Alma e do Corpo




A alma começa a se unir ao corpo já na concepção. Nesse instante, um laço fluídico liga-se a ele e irá encurtando mais e mais até a criança nascer.

A união entre a alma e um corpo é definitiva. Outro Espírito não poderá substituí-lo. Porém, como os laços estão frágeis, o Espírito pode rompê-los com facilidade, caso se recuse a ficar naquele corpo. E quando isso acontece, a criança não nasce.

Ao nascer, todas as lembranças da alma estarão esquecidas. E conforme o corpo vai crescendo, o Espírito vai aprendendo a lidar com seus órgãos e sua inteligência vai surgindo de maneira diferente da que era antes de reencarnar.

 O Livro dos Espíritos para Infância e Juventude, a partir de o Livro dos Espíritos de Allan Kardec. Vol. I por Marisa Alem.

MEIO AMBIENTE








HIGIENE E LIMPEZA - CORPO, MENTE E CORAÇÃO




AULA 1

OBJETIVO

Conscientizar para a importância da higiene e limpeza do corpo, da mente e do coração, como

alternativas para uma boa qualidade de vida material e espiritual.

ATIVIDADE INTRODUTÓRIA/MOTIVADORA

Dividir a turma em três grupos – corpo, mente e coração -, distribuir cartazes e pedir que cada

grupo descreva ações de higiene e limpeza, elegendo três delas para representar com mímica, de

modo que os outros grupos adivinhem.

DESENVOLVIMENTO DO CONTEÚDO

 Nosso corpo e nosso Espírito exigem muitos cuidados para serem conservados saudáveis. A saúde é

um bem precioso, que não tem preço. Quem tem saúde é alegre, feliz, trabalha, brinca, passeia e

estuda melhor. Devemos cuidar de nossa saúde, evitando doenças físicas, mentais e espirituais

(obsessões, etc.)

 Da mesma forma que a boa alimentação (carne, ovos, frutas, verduras...) nos dá saúde e energia para

o corpo, os bons pensamentos nos favorecem com a saúde mental e os bons sentimentos nos dão a

saúde do coração.

A limpeza e higiene do CORPO são fundamentais para a saúde e o bom convívio social e se

traduzem no banho, no uso de roupas limpas, no cuidado com as unhas e cabelos e na manutenção de

condições sadias de vida. Cuidados que devemos ter com a higiene e limpeza do corpo:

1. Tomar banho diariamente – no nosso clima, três banhos, no mínimo;

2. Lavar as mãos antes das refeições, após usar o sanitário e ao voltar da rua;

3. Manter as unhas cortadas e limpas;

4. Pentear e cortar os cabelos;

5. Escovar os dentes após as refeições e antes de dormir;

6. Usar roupas limpas e colocá-las para lavar sempre que sujarem;

7. Limpar bem as orelhas.

Para tudo isto, há alguns apetrechos indispensáveis: sabonete, shampoo, creme, desodorante,

perfume, tesoura de unha, cotonete, tesoura de cabelo, etc.

 A limpeza e higiene da MENTE são fundamentais para a saúde mental/psicológica e se traduzem em

ausência de pensamentos negativos, depressivos, maledicentes, malévolos  ou idéias obsessivas...

Faz-se higiene mental mediante boas conversações, leituras edificantes, músicas que elevam...

Devemos cuidar dos pensamentos que cultivamos, porque tudo na vida é uma questão de sintonia.

Podemos atrair para junto de nós Espíritos infelizes, obstinados no mal, levianos, etc., a depender da

nossa sintonia mental. Devemos cuidar também de reciclar nossa mente, para evitarmos idéias fixas,

que, às vezes, nos deprimem.


A limpeza e higiene do CORAÇÃO são fundamentais para uma vida equilibrada, harmoniosa e feliz,

se traduzindo em ausência de ódio, rancor, desejo de vingança, inveja, maldade... A limpeza e higiene do coração faz-se mediante o uso de atitudes de bondade/caridade, de amor ao próximo, indulgência,
perdão, benevolência... Disse Jesus: “Bem-aventurados aqueles que têm puro o coração...”


AULA 2

Higiene e Limpeza – Corpo, Mente e Coração.

OBJETIVO

Conscientizar para a importância da higiene e limpeza do corpo, da mente e do coração, como

alternativas para uma boa qualidade de vida material e espiritual.

ATIVIDADE INTRODUTÓRIA/MOTIVADORA

Dividir a turma em três grupos – corpo, mente e coração -, distribuir cartazes e pedir que cada

grupo descreva ações de higiene e limpeza, elegendo três delas para representar com mímica, de

modo que os outros grupos adivinhem.

DESENVOLVIMENTO DO CONTEÚDO

Nosso corpo e nosso Espírito exigem muitos cuidados para serem conservados saudáveis. A

saúde é um bem precioso, que não tem preço. Quem tem saúde é alegre, feliz, trabalha,

brinca, passeia e estuda melhor. Devemos cuidar de nossa saúde, evitando doenças físicas,

mentais e espirituais (obsessões, etc.)

Da mesma forma que a boa alimentação (carne, ovos, frutas, verduras...) nos dá saúde e

energia para o corpo, os bons pensamentos nos favorecem com a saúde mental e os bons

sentimentos nos dão a saúde do coração.

A limpeza e higiene do CORPO são fundamentais para a saúde e o bom convívio social e se

traduzem no banho, no uso de roupas limpas, no cuidado com as unhas e cabelos e na

manutenção de condições sadias de vida. Cuidados que devemos ter com a higiene e limpeza

do corpo:

1. Tomar banho diariamente – no nosso clima, três banhos, no mínimo;

2. Lavar as mãos antes das refeições, após usar o sanitário e ao voltar da rua;

3. Manter as unhas cortadas e limpas;

4. Pentear e cortar os cabelos;

5. Escovar os dentes após as refeições e antes de dormir;

6. Usar roupas limpas e colocá-las para lavar sempre que sujarem;

7. Limpar bem as orelhas.

Para tudo isto, há alguns apetrechos indispensáveis: sabonete, shampoo, creme, desodorante,

perfume, tesoura de unha, cotonete, tesoura de cabelo, etc.

A limpeza e higiene da MENTE são fundamentais para a saúde mental/psicológica e se

traduzem em ausência de pensamentos negativos, depressivos, maledicentes, malévolos  ou

idéias obsessivas... Faz-se higiene mental mediante boas conversações, leituras edificantes,

músicas que elevam...

Devemos cuidar dos pensamentos que cultivamos, porque tudo na vida é uma questão de

sintonia. Podemos atrair para junto de nós Espíritos infelizes, obstinados no mal, levianos, etc., a depender da nossa sintonia mental. Devemos cuidar também de reciclar nossa mente,

para evitarmos idéias fixas, que, às vezes, nos deprimem.

A limpeza e higiene do CORAÇÃO são fundamentais para uma vida equilibrada,

harmoniosa e feliz, se traduzindo em ausência de ódio, rancor, desejo de vingança, inveja,

maldade... A limpeza e higiene do coração faz-se mediante o uso de atitudes de

bondade/caridade, de amor ao próximo, indulgência, perdão, benevolência... Disse Jesus:

“Bem-aventurados aqueles que têm puro o coração...”

FIXAÇÃO DO CONTEÚDO

História com interferência:

Contar a história QUE COISA ESQUISITA!, com interferência (combinar com as crianças

um gesto (uma palma ou um estalar de dedos), após o qual elas devem repetir juntas o título

da história.

 À medida em que o evangelizador vai contando, em momentos estratégicos vai sinalizando

para as crianças (*) e elas dizem, em uníssono, “que coisa esquisita!”.

o Joãozinho era um menino bom e simpático, mas...

Não gostava de tomar banho e escovar os dentes... (*)

Não gostava de lavar as mãos e de pentear-se... (*)

Não gostava de cortar as unhas... (*)

Isso mesmo: não gostava de andar limpo! (*)

Era mesmo uma coisa muito esquisita! (*)

Por isso, sua mãe andava muito preocupada e aflita. E muitas vezes tinha que dizer: -

Joãozinho, venha tomar banho! - Joãozinho, venha limpar as unhas! - Joãozinho, vá

lavar as mãos... - Joãozinho, venha pentear os cabelos!

E assim por diante...

Certo dia, a mãe avisou: - Joãozinho, meu filho, todos os seus amiguinhos nadam

limpos... Um dia eles não vão mais querer brincar com você! Olhe o que eu estou

dizendo...

Dessa vez, Joãozinho ficou pensando no que sua mãezinha havia dito... quando foi

dormir, ainda não tinha esquecido as palavras da mamãe e ficou pensando, pensando,

pensando...

Foi assim que dormiu e começou a sonhar: estava em um lindo jardim florido, onde

havia muitas crianças alegres brincando com carneirinhos, coelhinhos e passarinhos de

todos os tipos...

RESPEITO A PROPRIEDADE ALHEIA



I CICLO

TEMA: Fazer um cartaz com a definição do tema, com perguntas e colocando situações deles, do dia-a-dia:

Respeitar a propriedade alheia é:

- não se apossar do que não nos pertença;

- não danificar o que é do nosso próximo, em qualquer lugar ou circunstância.

Porque:
- quem respeita a propriedade alheia merece a confiança de todos

- é um homem de bem.

ATIVIDADES: PIPAS

- fazer um relaxamento com todas as crianças, trabalhar os músculos dos braços, mãos e pescoço

(o mesmo da prevenção da LER que se faz para quem opera computadores).

- Perguntar:

- quem gosta de Pipas?

- Se acham bonito o céu com apenas uma ou cheio de pipas coloridas?

- falar sobre o respeito a propriedade alheia em relação às pipas no céu, que não é certo cortar,

derrubar, etc.  Qual a graça em ver a tristeza de quem perdeu sua pipa? Isso é um desrespeito.

- convidá-los a construir suas próprias pias, que nenhuma é igual a outra e cada vez que se faz

uma ela fica mais especial e única.

- Comentar sobre a história das Pipas:

Foram inventadas a muito tempo atrás, desde que o homem teve a vontade de voar, ele

inventou a pipa para ficar mais perto de Deus.

Os chineses inventaram a pipa para se divertir, para se manterem altivos e olhando para o

alto sempre (cabeça para cima e não cabeça para baixo)

Os militares usavam para enviar mensagens.

Os cientistas, e a NASA até hoje usam pipas para suas descobertas e experimentos.

- Discorrer sobre os 10 mandamentos da Pipa (fazendo comentários)

1. Sempre empine longe da rede elétrica e esteja calçado;

2. Rabiola Curta – para evitar que engate em algo;

3. Nunca usar papel laminado.

4. Nunca use linha cortante ou cerol(Hoje é proibido por lei, pode dar prisão);

5. Se engatar no fio ou na árvore? Esqueça. (Faça outra + bonita);

6. Se o tempo indicar tempestade – recolher a pipa; (amanha o sol estará mais bonito);

7. Cuidado para a linha não machucar ninguém, ele deve ser esticada apenas para o alto,

evite correr onde houver muitas pessoas/crianças;

8. Nunca correr atrás de uma pipa. Faça outra.(imagine vc ver a pipa que vc fez no céu,

empinada por outra pessoa – que legal)

9. Quem tem que ficar no alto é a pipa, e não vc, não suba em locais altos, vc pode se

distrair...

10.Sempre avise aos seus pais ou responsáveis onde vc está.

CONSTRUÇÃO DA PIPA:

Colocar as crianças em duplas e dar o material de uma pipa para cada uma, levar um esqueleto de

pipa pronto e fazer uma na frente delas primeiro para que aprendam, se der tempo, dar a segunda

pipa para que façam juntas e entregar uma para cada, caso contrário, guardar as pipas em

exposição e avisar que em outra aula e local apropriado,  vão juntos empinar as pipas.

Material Utilizado: (fale para eles sobre o material e o preço: 50 centavos dá pra fazer)

- 1(2) vareta para a espinha: 36 cm

- 1 vareta para o arco: 44 cm

- linha nº 10 própria para pipas

- ½ folha de papel de seda colorido

- cola branca

veja como fazer a pipa no site:

http://www.light.com.br/institucional/seguranca/campanhas/pipas/comofazer/tefazer.shtml

Maternal

- leve um livro vivo de feltro/camurça e invente a estória de uma menina que foi empinar pipa e

aconteceram alguns problemas com ela.

- fale sobre o respeito à propriedade alheia dando o exemplo da pipa. e da estorinha.

- leve para eles pipas pequenas (corte uma vareta pela metade), e leve-as já prontas para que eles

colem apenas o papel de seda. Uma para cada.

- Após finalizarem mande que pintem ou colem algumas figuras na pipa.

- Eles podem levar para casa, e enfeitar o quarto ou brincar no quintal com o papai, titio, a

mamãe.

Boa Aula – Nós adoramos – Convide os tios que há tempos não empinam pipas para ajudar, eles

vão ADORAR.

Aula sobre respeito à propriedade alheia – I Ciclo e Maternal  - DIJ - CELAP