quinta-feira, 7 de março de 2013

VALORIZAÇÃO DA PRÓPRIA VIDA

Atividade Introdutória

Apresentar a seguinte situação:

Mário resolveu pintar a parede do seu quarto. Comprou tinta, rolo e trabalhou o dia todo. No final observou que ficaram muitos defeitos. Pintou mais uma vez, mas não melhorou o aspecto. Mário, decepcionado, procurou um amigo que era excelente pintor. Ele explicou que uma pintura em boas condições dependia de muitas coisas (perguntar às crianças): da boa colocação dos tijolos, do emboço, da argamassa bem lisa, do emassamento, da tinta e do modo de pintar. Mário havia pensado que era bem mais fácil... mas tomou coragem e começou tudo outra vez, até que conseguiu o que desejava.

 Levar o grupo a observar uma parede bem pintada e outra mal pintada para que percebam as diferenças.

Atividade Reflexiva

Comparar a qualidade da pintura com a qualidade da saúde. São também muitos fatores que determinam a saúde física: boa alimentação, higiene, qualidade do sono e outros.
 Apresentar o anexo




 Pedir que observem gravuras a e b e digam o que não está adequado à situação e que prejuízo pode causar.

Gravura a: O casaco e o cachecol não estão adequados ao local. O calor provocará suor excessivo podendo causar desidratação.
Gravura b: No dia de muita chuva, quando se formam inúmeras poças de água, os pés devem ficar protegidos com calçados fechados para evitar contaminação de micróbios causadores de doenças graves; e também evitar acidentes provocados por pregos, cacos de vidro e latas velhas.

Conclusão: O vestuário deve ser adequado ao clima e às condições do ambiente.


Apresentar outra situação, utilizando o anexo 2:





Davi sempre foi considerado muito forte. Parecia que nada lhe fazia mal. Mesmo gripado, tomava água gelada, chupava picolé e brincava nas poças de água. À noite não queria dormir no horário das outras crianças da casa. Queria ver televisão até tarde. Às vezes, fingia que estava dormindo, só para enganar a mamãe, e depois que ela dormia, ligava baixinho a televisão. No dia seguinte, na escola, o que acontecia? Davi ficava cochilando e não conseguia prestar atenção ao que a professora ensinava. Às vezes Davi, sonolento, dormia no horário das refeições e ficava sem comer. Os coleguinhas de Davi o achavam engraçado e muito esperto porque, mesmo assim, era ele o melhor jogador de futebol da classe. Todos queriam jogar no seu time. Só que ultimamente, Davi não estava jogando bem. Sempre cansado, não tinha ânimo de acordar cedo para os treinos, até faltando a eles. Davi tinha se tornado um mau jogador e ninguém queria tê-lo no time da classe. Seus colegas não entendiam por que Davi havia mudado tanto... Você saberia explicar?

Ouvir a opinião do grupo. Concluir que os maus hábitos e a vida descuidada vão desgastando, a saúde. As conseqüências vão sendo sentidas algum tempo depois.

Atividade Criativa

 Propor a confecção de um mural em colaboração. Unir duas folhas grandes de papel pardo e desenhar no meio o contorno de uma criança do grupo. “Vestir” o desenho com papel de revista recortado.

Colocar uma frase, como título do trabalho: Tenho boa saúde porque... Estimular as crianças a organizarem frases que completem a anterior e escrevê-las (usando “pilot” de cores diferentes).

Fazer a leitura de todas as frases, ao final.


PRECE FINAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário