segunda-feira, 25 de março de 2013

HISTÓRIA





 Esta é Ritinha, uma menina muito alegre, obediente, educada e muito amiga. Ela está sempre ajudando a todos que estão ao seu redor, principalmente aqueles que precisam de ajuda. Quando via alguém brigando, falando coisas feias, ela não gostava e estava sempre mostrando boas maneiras. Falava com seus coleguinhas como era mais bonito falar e fazer coisas boas. Seus pais ficavam felizes pela sua educação e Ritinha estava sempre querendo aprender mais e fazer sempre o melhor. Ela também ajudava a mamãe sempre que terminava de fazer sua lição de casa. Até os bichinhos e as plantas gostavam de Ritinha. Ela cuidava do jardim de sua casa e gostava muito de brincar com os animais. Ficava atenta às explicações do Evangelho e a Doutrina Espírita sempre que ia às aulas de evangelização. Prestava atenção e estava sempre fazendo perguntas para aprender mais. Um dia, na aula de Perispírito ficou bem atenta pois aprendera que o Perispírito serve de veículo de manifestação do espírito com o plano material. Quando encarnado, o perispírito se torna o condutor das sensações do meio ambiente do corpo para o espírito. Somente a prática do amor ao próximo leva-nos a ter um perispírito leve, luminoso. E só assim iremos identificar-nos com os planos superiores. Por isso, Ritinha tinha a vibração tão boa. Era alegre e feliz, pois através das reencarnações ela vinha sempre aprimorando mais e mais o seu perispírito. Devemos sempre buscar fazer o bem e melhorar de atitudes, pois assim, estaremos sempre ficando elevados igual a Ritinha.

 ( Adaptação do Livro “A Menina das Luzes” de Rita Foelker )











Nenhum comentário:

Postar um comentário