domingo, 31 de julho de 2011

A PARABOLA DO BOM SAMARITANO




Objetivo:
A criança deverá ser levada a sensibilizar-se para o estudo do tema a partir de situações do seu dia a dia, referente ao tema abordado.


Estudar o item do ESE (cap. XV: 1 a 3) a fim de conhecer e compreender o ensinamento da Doutrina Espírita sobre: A Parábola do Bom Samaritano.


Refletir acerca dessas ideias para avaliar sua importância e valorizar os benefícios para praticar o ensinamento de Jesus sobre o amor ao próximo, fazendo aos outros o que gostaria que os outros lhe fizessem.


Aplicar esses conceitos ao seu dia a dia, identificando suas dificuldades para isso, tais como: egoísmo, orgulho, vaidade (dificultando a prática do amor ao próximo)


Concluir pela necessidade de mudar esses hábitos, atitudes e comportamentos, substituindo-os por outros que facilitem a vivência dos ensinamentos, tais como: fraternidade, solidariedade, cooperação, caridade, etc.


DESENVOLVIMENTO:
Apresentar as gravuras que representem fraternidade, auxílio ao próximo, abraço, etc., e pedir que falem sobre o que representa cada ação.
Perguntar às crianças: Essas pessoas estão demonstrando um sentimento que deveria existir entre todas as pessoas. Como se chama esse sentimento: R: Amor ao próximo
- O que é Amor ao próximo?
- Abraçar com sincera ternura um amigo que está triste é um ato de amor ao próximo? É preciso ter dinheiro para ajudar ao próximo?
- De que precisamos para fazer a caridade ensinada por Jesus?
- Quem lembra algum ensinamento de Jesus que fala do Amor ao Próximo?
- Quem conhece a parábola do Bom Samaritano? (Deixar que as crianças contem a história)

A Parábola do Bom Samaritano


Evangelizador: Jesus claramente nos mostrou um caminho a seguir para nossa felicidade. Quem sabe que caminho é esse? (ouvir a resposta das crianças)
A caridade sem interesse, aquela que é praticada com amor, sem sabermos a quem estamos ajudando. A caridade é a maior das virtudes. Sem essa virtude, não conseguiremos evoluir, jamais seremos Espíritos de Luz. Ela reúne todas as outras, como a humildade, o perdão. Jesus nos contou uma história que explica como conseguiremos alcançar a verdadeira felicidade.
A Parábola do Bom Samaritano
Um dia, representante da lei quis testar Jesus e perguntou-lhe:
- Jesus, o que deverei fazer para merecer entrar no reino dos céus?
- Amar a Deus de todo coração e de pensamento e ao próximo como a ti mesmo.
O homem voltou a perguntar:
- Mas quem é meu próximo?

Jesus contou-lhes uma história que os ensinou quem é seu próximo.


Vamos agora ouvir também uma história que vai nos ajudar a entender esse ensinamento de Jesus.


Jorge era um menino muito trabalhador, ajudava a sua mãe sempre que podia. Naquele dia ela pediu que ele fosse ao supermercado comprar algumas coisas que estavam precisando.


Depois das recomendações de sua mãe para que tomasse cuidado durante o trajeto, Jorge seguiu em direção ao supermercado. Quase chegando ao supermercado, Jorge foi cercado por alguns meninos para roubarem o seu dinheiro, lhe deram uma surra e o deixaram desmaiado no chão.


Passou por ali um menino que seguia apressado, olhou Jorge caído no chão ficou com medo e foi embora sem ajudar.


Logo depois, outro menino passou pelo mesmo local, ao avistar o menino caído no chão reconheceu-o, mas com medo de que alguém pensasse mal dele saiu correndo sem ajudar o amigo.


Nesse momento, um menino que era novo no bairro, ainda não tinha intimidade com ninguém, viu Jorge estendido no chão e correu a ajudá-lo.


Esse menino deu água ao Jorge, e o auxiliou a chegar em casa.


A mãe de Jorge agradeceu ao menino e pediu que ele fosse ate a farmácia comprar remédios para Jorge.


No dia seguinte o menino veio visitar Jorge e conversaram animadamente, começando assim uma bonita amizade.


Qual dos três meninos cuidou de Jorge?
Quem teve piedade, demonstrando amor ao próximo? (Ouvir as crianças)
Agora vocês devem fazer o mesmo: Ajudar a quem precisa.
O próximo é aquele que está mais perto de nós. Vamos agora fazer o bem ao nosso próximo? Todos deverão dar um abraço no amigo que está do seu lado direito. (O evangelizador deverá ficar atento para que nenhuma criança fique sem ser abraçada.) Vamos agora dar um grande abraço coletivo (Fazer um círculo e dar um grande abraço de todos juntos)


Atividade:

Construir um acróstico com a palavra CARIDADE, utilizando nomes de pessoas que fizeram caridade.


DESCONHEÇO A AUTORIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário