sábado, 4 de junho de 2011

JESUS, O IRMÃO E AMIGO


INTRODUÇÃO:

Dialogar sobre o que é ser amigo, esclarecendo que o amor e a amizade são os dois sentimentos mais puros e nobres existentes na Terra; que em nosso dia-a-dia, precisamos ter cuidado para não transformar os amigos em inimigos;nossa preocupação deve ser a de mudar o inimigo em amigo; é necessário verificar que todos possuem alguma coisa de bom, pois somos filhos de um mesmo Pai, portanto somos irmãos.

-Pedir que falem sobre as qualidades de seus amigos, ouvindo com carinho.
-Perguntar qual é o irmão e amigo que todos nós possuímos em comum.
-Esperar a resposta,dizendo que irá contar como se deu o primeiro encontro de Jesus com as crianças.

DESENVOLVIMENTO

1-Narrar a história:"Um Amigo de Verdade"
2-Deixar que digam do que mais gostaram
3-Indagar: - Por que Jesus é nosso irmão e nosso melhor amigo?
4-Ouvir as respostas, esclarecendo que Ele demonstrou que nos ama e que é o nosso melhor amigo,ao nos transmitir seus conhecimentos e mostrar uma nova realidade através da Imortalidade e da vivência da Lei do Amor.
5- Citar duas frases de Jesus: - "Tenho vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de Meu Pai, vos tenho dado conhecer".(João,15:5)- "Quem não me ama não guarda as minhas palavras; a palavra que tendes ouvido não é minha,mas do Pai que me ensinou".(João,14:23 e 24).

6-Comentar que com estas palavras, Ele nos chamou de amigos e irmãos.

UM AMIGO DE VERDADE

Uma tarde, Jesus estava muito cansado. Tinha trabalhado bastante. Então, foi para um lugar um pouco mais retirado, mas muito bonito. Lá havia bastantes árvores, com grandes galhos verdinhos, onde ele podia descansar na sombra e,quem sabe,até dormir um pouco.
Mas,daí a pouco, sabem o que aconteceu? Muitas mães, vendo que Jesus estava lá, foram depressa levando seus filhos para ele abençoar! É,mas os amigos grandes de Jesus ficaram bravos. Começaram a mandar embora as mães, porque não queriam que as crianças o incomodassem.Elas ficaram tristes e quase choraram. Jesus, porém, é muito amigo da gente e logo disse aos moços que estavam com ele:
-Não mandem embora as crianças!Eu estou cansado , mas deixem que elas venham aqui,porque as crianças são simples, puras, são alegres;elas são boas! É preciso ser assim para chegar ao reino dos céus.
E as criançada acercou-se de Jesus. Uma puxava-lhe a roupa,outra subia no seu colo. O Joãozinho fazia perguntas. A Débora batia palmas de contentamento. E o Albertinho sabem o que ele fez? Foi de mansinho por trás, passou a mãozinha nos cabelos de Jesus e devagarinho, encostou a cabeça no ombro daquele homem tão bom.
E ficou por muito tempo,sentindo o calor daquele amigo que não lhe disse nada com a boca, mas que falou muito, dentro do coração de Albertinho.
Eu acho que aquelas crianças nunca sentiram tanta alegria assim!
Elas estavam à vontade, Jesus as acariciava e elas sentiam o seu amor, o seu carinho.É por isso que havia alegria.
Quando estamos com os amigos, não podemos estar tristes, porque o amigo nos compreende, nos acompanha, ri e até chora conosco.Ele ajuda-nos nos nossos problemas.Ele diz o que é que se tem de bom no coração.Ele faz a gente ser feliz.
E Jesus é o melhor amigo!É um amigo de verdade. Com ele a gente conversa a hora que quiser. Basta que fechemos os olhinhos e, em atitude de respeito, oremos e agradeçamos por este e por outros dias que virão.
Pois foi assim que aconteceu naquele tempo,quando Jesus andava na Terra.

(apostila da USEERJ)







Nenhum comentário:

Postar um comentário