segunda-feira, 15 de novembro de 2010

ANTEVESPERAS DE NATAL





A família de Aline está reunida para resolver um grande problema!
Quem dá e quem recebe presentes de Natal? Todos devem receber alguma coisa, ninguém pode ficar sem uma lembrança nessa noite!
Palpite vem, palpite vai...
E nenhuma conclusão.
Nesse momento, Duda tem uma idéia, que ele mesmo classificou de genial: Amanhã nos reuniremos à noite e apresentarei uma proposta que considero definitiva. Que proposta será essa?
Qual será a surpresa de Duda?!
E, assim, no dia seguinte e pontualmente, todos se encontraram no mesmo lugar da véspera.
Duda, muito importante, foi logo falando, dirigindo uma pergunta a todos: - Quem de nós estará de aniversário dia 25?
Ninguém respondeu, pois não havia ninguém aniversariando neste dia.
- Então por que vamos dar presentes uns aos outros se não estamos de aniversario?!
-Ah! Já sei – falou Aline. – Acho que é Jesus que está de aniversário pois ouvi dizer que Ele nasceu no dia de Natal.
- Não é bem assim – respondeu-lhe Duda, muito alegre. – O Natal é uma homenagem a Jesus. Ele é o grande homenageado neste dia!
Quem deve ganhar presentes é Ele.
Todos, ao mesmo tempo, perguntaram: - Que vamos dar a Jesus?
-Duda, compenetrado, respondeu: Aí esta minha proposta inovadora. Vamos estudar os principais ensinamentos de Jesus e verificar que presentes podem agradá-lo.
A mãe de Aline prontificou-se a repassar alguns dos ensinamentos de Jesus e os meninos imediatamente começaram a preparar os presentes.
Como seriam esses presentes?
Na árvore, muito linda, iluminada por luzes coloridas os meninos começaram a colocar os seus presentes embrulhados em papel e laços de cores variadas.
O de Duda, o primeiro a ser colocado na bela árvore, era um cartão no qual estava escrito: “Querido Jesus, achei lindas as suas lições: nunca mais terei raiva de ninguém, pois vou perdoar a todos por toda a minha vida”.
Aline,muito emocionada, colocou o seu pacotinho enfeitado com larga fita azul, no qual um cartãozinho, em forma de coração, continha a seguinte mensagem:
“Jesus, você é filho de Deus, como eu, por isso somos irmãos. Mas você sabe muito mais do que eu e é de todos nós. Parabéns, Jesus”.
Joca não ficou atrás e apressou-se a colocar o seu pacotinho na árvore, cada vez mais iluminada, à medida que a noite avançava. Também o seu presente era uma carta. Longa carta na qual, entre tantas coisas, ele dizia: “Que ensinamentos lindos saem de sua boca, Jesus!
Amar o próximo como a nós mesmos.
Que bonito! E aquela história do Bom Samaritano, que tanta gente conhece! Não há nada tão lindo. Muito obrigado, Jesus, e feliz aniversário”.
Foi à vez de Dinah colocar o seu presente.
Era uma cartinha em papel rosa. “Jesus” dizia Dinah na cartinha. “Como não posso visitá-lo pessoalmente, fui em seu nome, visitar um senhor idoso e doente. Fiquei muito feliz e, por isso, estou lhe contando este fato.”
Seguiram-se os presentes para Jesus. Todos os participantes da grande festa colocaram as suas lembranças em caixas coloridas, ao mesmo tempo em que ouviam suave melodia, que não se sabia de onde vinha, mas que enchia os seus corações de muita, muita alegria!

AUTOR: CLARA ARAUJO E CECILIA ROCHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário