segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

A PRECE DA ROSEIRA

















O homem que deixara a construção do bem, por sentir imperfeito, voltou ao trabalho, quando ouviu a prece da roseira:

-Agradeço-te, oh” meu Deus, porque apesar dos espinhos que carrego, deste-me a força precisa para oferecer-te a alegria e o perfume das rosas.


Médium: Francisco Cândido Xavier - Livro: “Deus Sempre” -Emmanuel

Nenhum comentário:

Postar um comentário