terça-feira, 29 de setembro de 2009

NECESSIDADE DE MUDANÇAS

Idade: 11-12 anos
Objetivos:
- perceber que mudanças acontecem com planejamentos;- entender que elas ocorrem lentamente à medida do nosso esforço.
Incentivação:
- estabelecer diálogo com as crianças iniciando com uma pergunta: "Vocês - esperam muitas mudanças pessoais para esse ano? " Ouvir as crianças.
Desenvolvimento:
Após a conversação sobre as necessidades de mudanças que cada um encontra ou não em si, refletir com elas sobre o "como" essas mudanças vão acontecer. Exemplificar: quando queremos uma roupa nova mas não temos o dinheiro no momento, o quê vamos fazer? Com certeza vamos achar uma solução para conseguir isso: ou economizar, ou realizar algum serviço para obter o dinheiro, etc. Isso quer dizer que tomaremos uma atitude. A mesma coisa devemos fazer com as mudanças pessoais, morais. Basta dizer, "quero tirar notas melhores na escola", por exemplo? Só querer não resolve, não muda nada, é preciso tomar atitudes, renovar posturas. Sabemos que o que somos hoje é resultado do que fizemos no passado. Se não fui bom estudante ontem, meu futuro não será diferente se eu não me decidir por um novo comportamento, hoje. As situações não se modificam sozinhas. É preciso esforço e vontade de nossa parte. É preciso parar, refletir, analisar o por quê daquela situação e enfrentá-la, tomando decisões, fazendo novas escolhas, buscando novos caminhos. Não precisamos acertar sempre, mas devemos aproveitar a oportunidade de aprendizado.O evangelizador deve colocar para as crianças a necessidade de cada um de nós nos analisarmos procurando identificar aquilo que precisa ser trabalhado. Não apenas a relação entre as pessoas, mas nossos sentimentos também. A ansiedade antes de uma prova, por exemplo, pode me atrapalhar muito, como melhorar isso? As provocações de meu irmão que me deixam tão irritado, como posso trabalhar isso comigo mesmo? Minha família pode me ajudar? Eu posso colaborar para um ambiente melhor no lar? São situações do cotidiano que devemos pensar em mudar, já que sabemos que ninguém está em lugar errado...Concluir com as crianças que as situações difíceis que nos envolvem são justamente oportunidades de crescimento através de experiências.
Fixação:
o evangelizador entrega uma lista para cada criança com algumas situações vivenciadas por nós. As crianças deverão encontrar soluções para mudar aquelas situações no decorrer do ano. (poderá ser feito em grupo)Exemplos de situações: - não simpatizo com meu vizinho;- não tenho hábito de dialogar com meus familiares;- vou mau na escola, não estudo;- não tenho paciência com meu pai- etc,etc..
Beatriz de Almeida Rezende

LEI DE CAUSA E EFEITO

Idade: 11-12 anos
Objetivo: levar a criança a perceber que agimos, quer através do pensamento,quer através de uma atitude.

Entender que a toda ação praticada resultará uma reação.

Incentivação: ( com base no livro "As Leis Morais"... nossas decepções, fracassos, tristezas não decorrem de nossa "má estrela").
Perguntar:
a) Você aceita, valoriza e agradece a vida que tem? Ou está descontente? Queria que fosse diferente? Como?
b) Já passou pela sua cabeça a idéia de que Deus esqueceu de você, ou a vida é injusta ou que você não teve sorte?

Desenvolvimento: ( levar uma bola para exemplificar ação e reação) Segundo a Física, ação e reação é um princípio de Newton, também conhecido por Terceira Lei do Movimento de Newton. Segundo essa lei, sempre que um corpo exerce uma força sobre outro, este reage com uma força de mesma intensidade, mesma direção e em sentido contrário.

Causa e Efeito ou Ação e Reação: é uma lei divina que rege todos os elementos que compõem o universo. É o mecanismo da evolução, tendo como causa primeira, Deus.
"Não há efeito sem causa": tudo que existe no micro e macrocosmo tem uma causa anterior que lhe deu origem.
SOMOS CONSTRUTORES DO NOSSO PRÓPRIO DESTINO.
Ação boa: reação boa
Ação má: reação má

O objetivo da lei de Deus não é punir, mas educar. Somos criados simple e ignorantes ( simples, sem experiência, ignoantes, sem conhecimento). Aprendemos fazendo e como falta conhecimento, às vezes fazemos errado: se agimos mal, recebemos uma reação má, o que nos ensina a não fazer mais aquilo. Se sofremos, se algo na nossa vida não está bom, a causa está em alguma má ação. Como o efeito das ações praticadas nem sempre são imediatas, as pessoas costumam atribuir ao destino, a castigo de Deus ou à sorte, reações de ações praticadas há muito tempo.
O aparecimento dos efeitos de uma ação, pode ser:
a) a curto prazo: um acidente de veículo ou outro acidente qualquer, por imprudência. Uma agressão verbal ou física com a conseqüente reação do ofendido.
b) a médio prazo: após a morte do corpo físico
c) a longo prazo: em outras existências

Misericórdia Divina: da mesma forma que a lei dos homens tem para com os infratores que se comportam bem, a liberdade condicional, diminuição da pena, etc., a Lei de Deus mobiliza recursos de Misericórdia para aqueles que se façam merecedores.
Podemos mudar o destino que construimos com nossas ações do passado trabalhando no bem.
Fixação: em grupo ou individualmente, refletir sobre alguns acontecimentos do dia a dia deles que analisando agora, após essas reflexões poderiam ter tomado outro direcionamento.
Bibliografia:
Verdade e Luz 2002 pg. 11
Fonte Viva Lição 56
Ação e Reação
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap. V Item 26

ALLAN KARDEC

7-8 ANOS


Distribuir o quebra-cabeça, em envelopes à turma dividida em grupos de dois.
(Gravura de Allan Kardec)

Pedir que montem o quebra-cabeça.

Perguntar à turma se conhecem a pessoa que está na figura.

Conversar com a turma sobre Kardec.

Narrar a história "Allan Kardec"

Fazer as seguintes perguntas:

1-Onde nasceu Hippolyte Leon Denizard Rivail?

2-Qual a sua profissão?

3-Como era a reunião que o Professor Rivail assistiu com seu amigo?

4-Com quem ele conversou em outras reuniões?

5-Que nome Hippolyte passou a usar?

6-O que é Espiritismo?


ALLAN KARDEC

Há muitos anos num país muito distante:a França ,nasceu um menino chamado Hippolyte Leon Denizard Rivail.
Ele nasceu no dia 3 de outubro de 1804,na cidade de Lion.
Quando criança,Hippolyte sempre mostrou-se bastante estudioso; por isso aprendia rápido.
Ainda muito moço tornou-se professor,dedicando -se a ensinar a todos aqueles que o procuravam.
Casou-se,mais tarde com a professora Gabrielle Boudet que o ajudavaem suas tarefas educativas.
Certa vez, levado por um amigo,o professor Hippolyte foi a uma reunião onde aconteciam fatos muito diferentes: as mesas moviam-se sozinhas e até... respondiam a perguntas que lhes fizessem!...
Ficou intrigado e, como pessoa estudiosa,interesso u-se em descobrir que força estranha realizava aqueles fenômenos.
Descobriu que os fenômenos eram provocados por espíritos.Desta maneira ele passou a conversar com os espíritos em outras reuniões,aprendendo muitas coisas.
Os espíritos disseram-lhe então que ele deveria a notar e verificar todos aqueles ensinamentos. Hippolyte assim fez e,algum tempo depois, publicou vários livros aos quais encontramos os ensinamentos do "Espiritismo" ,ou seja,da Doutrina dos Espíritos.
Esses livros foram publicados sob o nome
de Allan Kardec,que o professor adotou.

EXERCÍCIO

1-Risque a resposta certa:

a) Kardec nasceu na cidade de:

Lion Paris Rio de Janeiro

b) Seu nome verdadeiro era:

Hippolyte Leon Denizard Rivail

Hippolyte Denizard

Leon Rivail

c) O menino era :

sábio e alegre - inteligente e estudioso

triste e estudioso



2- Complete:

Ele adotou o nome de ------------ --------- ----

O Professor Hippolyte casou-se com ------------ -

A missão de Hippolyte era ------------ ---------

FONTE:APOSTILA DA FEB


UNIDADE: ESPIRITISMO
SUB-UNIDADE: ALLAN KARDEC


Resultado de imagem para PELOS CAMINHOS DA EVANGELIZAÇÃO - PARÁBOLA DOS TALENTOS

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

GENTILEZA - A LAGARTINHA ZANGADA - MATERNAL

Narrar com recurso de cineminha:


Fig1 - Lá vai a Juju, a lagarta zangada.
- Que cara mais feia - disse a bicharada.
Os bichinhos do jardim não gostavam da lagarta.
Fig.2 - Nem mesmo a boa joaninha
De Juju quis ser amiguinha.
Fig.3 - O grilo teve uma idéia:
- Vamos ensinar palavrinhas mágicas para ajudar a coitadinha?
Fig.4 - Bom dia, Juju - falou a formiguinha.
Fig.5 - Com licença amiga lagarta - pede a abelha educada.
E de tanto ouvir:
- Obrigado - desculpe - por favor -
A cara de Juju acabou.
Fig.6 - E até - linda borboleta virou!

Perguntar:
- Vocês sabem o que são palavrinhas mágicas?

Ouvir as crianças e reforçar que as palavrinhas mágicas são as que deixam pessoas sempre felizes e fazem muitos amigos. Dizer algumas: obrigado, por favor, desculpe, gosto muito de você... e as situações em que devem ser usadas, dramatizando-as.

Resultado de imagem para PELOS CAMINHOS DA EVANGELIZAÇÃO - GENTILEZA - A LAGARTINHA ZANGADA - MATERNAL

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Resultado de imagem para PELOS CAMINHOS DA EVANGELIZAÇÃO - GENTILEZA - A LAGARTINHA ZANGADA - MATERNAL

Imagem relacionada











BOAS MANEIRAS

Resultado de imagem para PELOS CAMINHOS DA EVANGELIZAÇÃO - segunda-feira, 28 de setembro de 2009 BOAS MANEIRAS

CRIANÇAS ORANDO








IMAGENS INTERNET




domingo, 27 de setembro de 2009

OS CONVITES DE JESUS

ATIVIDADE
Jesus ,durante sua vida na Terra, fez vários convites à Humanidade.
Vamos relacionar alguns destes convites aos seus ensinamentos?

1-Convite ao Amor
2-Convite à perfeição
3-Convite ao Bem
4-Convite ao Perdão
5-Convite à Oração
6-Convite à Fé
7-Convite à Vigilância
8-Convite ao Desprendimento
9-Convite à Humildade
10-Convite à Felicidade

( ) "Vigiai e orai"
( ) "Se tiveres a fé do tamanho de um grão de mostarda..."
( )"Assim como quereis que vos façam os homens,assim fazei vós a ele."
( )"Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração."
( )"Não ajunteis tesouros na Terra, onde as traças roem e os ladrões roubam."
( ) "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei."
( ) "Sede perfeitos como perfeito é o Vosso Pai Celestial."
( )"Omeu reino não é deste mundo."
( )"Pai, perdoa-lhe, pois eles não sabem o que fazem."
( )"Pai Nosso, que estais no Céu..."



DOMINÓ - OS CONVITES DE JESUS

Resultado de imagem para PELOS CAMINHOS DA EVANGELIZAÇÃO - OS CONVITES DE JESUS

Resultado de imagem para PELOS CAMINHOS DA EVANGELIZAÇÃO - OS CONVITES DE JESUS