quinta-feira, 20 de agosto de 2009

AMOR: DO EGOCENTRISMO AO ALTRUISMO













IDADE – 8 a 10 anos

OBJETIVOS: Identificar o amor como a presença Divina em todo o Universo, evoluindo do egocentrismo ao altruísmo de acordo com os níveis de consciência.


 ATIVIDADE INTRODUTÓRIA
Levar as crianças a observarem duas plantas da mesma espécie, uma bem desenvolvida, outra não. Pedir que levantem hipóteses para explicar essa diferença (falta de sol, tipo de terra, qualidade da semente, pragas...). Na impossibilidade da observação direta, sempre preferível, utilizar o anexo1.

ATIVIDADE REFLEXIVA

 Comparar o desenvolvimento das plantas com as pessoas:
• As plantas que recebem a luz do sol geralmente desenvolvem-se bem, exceto se faltar água, adubo etc.
• Todas as pessoas são envolvidas pelo amor de Deus, tal como as plantas recebem a luz do sol. Mas enquanto a pessoa não sentir o amor de Deus, será como aquela planta mal desenvolvida.
• As pessoas que não sentem esse amor sentem-se vazias e, as vezes, deixam-se dominar por vícios, por influências de más companhias ou vivem tristes. E aí vão definhando, tal como planta atacada pelas pragas.

 Destacar do grupo dois participantes que voluntariamente se ofereçam para a expressão corporal do que o grupo citar.
Perguntar ao grupo:
– Como são as pessoas que não sentem amor pelos outros?
Provavelmente o grupo responderá:
• só falam e cuidam de si mesmas;
• não param para ouvir os outros;
• sentem-se irritadas e infelizes;
• nunca têm iniciativa e boa vontade para ajudar quem precisa;
• agridem as pessoas com palavras e até fisicamente.
Em seguida, perguntar:
– Como são as pessoas que sentem amor pelos outros?
• são alegres e felizes;
• sabem ouvir as pessoas;
• ajudam quando necessário;
• preocupam-se com os sentimentos do outro, respeitando-os.

 Pedir aos participantes que lembrem desentendimentos que ocorrem freqüentemente na sua comunidade ou pesquisem em jornais, se todos souberem ler. Identificar que são causados quase sempre pela falta de amor fraternal entre as pessoas

 Perguntar:
– Podemos fazer o amor crescer no nosso coração?
Ouvir com atenção as respostas.
 Mostrar o desenho do girassol do anexo 2, descrevendo o movimento que esta flor faz de modo a voltar-se sempre para o sol. Comparar com a necessidade das pessoas de voltarem-se para Deus. Como?
• sentindo o seu amor,
• orando,
• vivendo com bondade.

 ATIVIDADE CRIATIVA

 Dividir a turma em dois grupos, que se sentam um em frente ao outro. Cada um do primeiro grupo, na sua vez, diz uma frase que represente uma conduta com falta de amor. Exemplo: Hoje acordei irritadíssimo.
- O colega em frente transforma a frase, expressando uma conduta amorosa. Exemplo: Hoje acordei de bem com a vida.
- Inverter as posições: o 2º grupo enuncia a conduta sem amor e o 1º grupo, a conduta amorosa.
- Ao final, colocar uma música suave e todos dançam livremente até que ela seja suspensa.
- Apresentar e ler a frase (anexo 3): Eu vivo no mar do Amor de Deus e sou feliz

Ao recomeçar a música todos em silêncio vão fazer um desenho que ilustre a frase acima.


HARMONIZAÇÃO FINAL / PRECE

- Pedir que se sentem em círculo e fiquem bem quietos e relaxados. Pensar no Amor de Deus como uma luz poderosa que os envolve e, entrando em sintonia, sentir que o Amor invade o coração dando muita felicidade.

Meditar:     O Amor de Deus cresce a cada dia no meu coração.

EDUCAÇÃO DO SER INTEGRAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário